terça-feira, novembro 14, 2006

Não saboreei a cereja

Hoje acordei com a frustação de ter falhado duplamente a cereja (das grandes...A cereja e o falhanço) em cima do bolo de fim de semana prolongado em Lx.
Sábado perdi o concerto do Antony and the Johnsons em Braga. A vontade de ouvir aquela voz profunda a cantar melancolicamente frases de amor compensavam o nevoeiro da A1.
Domingo foi impossivel (bilhetes esgotados hà mais de 7 meses) usufruir da oportunidade unica de sentir a densidade do piano de Keith Jarret, no CCB. É considerado um dos maiores expoentes do piano no Jazz contemporâneo e um dos maiores pianistas vivos.
A ultima vez que cá esteve foi há 25 anos..Tem 61...Complicado!
Falhei assistir à sua sonoridade unica, ao levantar e sentar no assento, ao abanar de cabeça e aos gritos e sons que emite quando,com os olhos fechados, se deixa levar pela força do solo...
Enfim...Avançando na descrição matinal:
Acordei, cuspi o caroço das cerejas que não comi (4 a 5 segundos de amargo de boca pelos falhanços) e dirigi-me à cozinha. O chão devia estar frio mas eu caminhava descalço munido com as minhas meias coloridas com borrachidas aderente na planta do pé...Estava seguro como o puto no anuncio da t-shirt termoterme.
Duas torradas com geleia caseira (literalmente caseira) da Dona Martinha, um sumo de laranja algarvia e eis que, ao ligar o radio (Radar-97.8 Fm,Lx) da sala, fui contemplado com uma musica linda que não ouvia hà imenso tempo...
Fade into you
Deixei me desvanecer com a musica e recuperei o açucar;)
Quando descobri este clip, tornei-me quase diabético!


P.S. - Um singelo agradecimento pessoal à Carol Viriata e ao Barnabé Vedder por me terem apresentado as pianadas do K.J.. As tardes a ouvir os solos em Paris e Colónia do sacana, no nº12 (ao lado da compania das sandes) perduram na minhas melhores recordações:)

1 comentário:

Rui Ribeiro disse...

A minha visão para o concerto do Antony em Braga está para os interessados no Som Activo!

Boas leituras!